22.4.07

Rádios comunitárias

Desde o ano passado as rádios livres e comunitárias têm sido alvo de repressão por parte do governo federal. O que está por trás disso é a perpetuação de um sistema essencialmente unilateral que permite acumular, nas mãos de poucos o poder e o direito da comunicação. Isso implica em manter as maiorias sociais apenas como receptoras de mensagens. Limita a capacidade da maioria social de pensar, se organizar e reivindicar. Aumenta consideravelmente o poder político e econômico dos grupos minoritários.Portanto, tal repressão é a negação da autonomia de todo um segmento social. Não se trata apenas de se indignar, mas acima de tudo, de não deixar calar o nosso direito à livre expressão e à livre comunicação.

No vídeo abaixo podemos perceber o quanto essa repressão causa indignação, mas percebemos também o quanto ela une as pessoas na luta por um ideal comum.

Fechamento da Rádio Heliópolis

Um comentário:

Taís disse...

magna, eu não sabia desse seu lado!
adorei o blog!
beijão